menu

Image Map

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Resenha - A culpa é das estrelas.






Sinopse: Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.



Quando me ofereceram A culpa é das estrelas pra ler, eu meio que fiquei na dúvida. Eu tenho um sério problema com isso. Não gosto de ler nenhum livro que me oferecem, eu gosto deles ficarem ali. Sabe, no cantinho, esperando que eu sinta uma atração por ele. Eu li sobre o que falava e ai do nada resolvi ler e de inicio gostei muito da Hazel. Ela era uma guerreira e juro que queria ter toda a força 
dela. Já o Gus, acho que toda mulher queria ter ele por perto.
Eu sorri, sorri e em um instante me encontrei afogada em lágrimas. Meu irmão me viu e fez aquela carinha :/ . Só disse me engasgando em lágrimas: É muito triste. Quando alguém ler esse livro vai saber o que eu estou dizendo. 


O meu livro favorito até semana passada era A sombra do Vento, ele não perdeu seu posto de melhor, mas eu acho que agora já não é tão favorito. 




A Hazel é uma menina com um senso de humor muito diferente, ela faz umas piadas sem querer sabe. E te arranca uma risada daquelas. E o Gus é aquele homem lindo que você acha que nunca irá olhar pra você, pq você se acha feia o suficiente pra achar isso. O livro não conta uma história de amor melosa e sem graça. Começa com uma amizade linda e termina do mesmo jeito. Só que...é leiam e saberão pq eu to falando tanto do livro. Meu irmão me pediu pra fazer uma resenha sobre o livro e eu to aqui perdida em lágrimas pq não se explicar o pq aquele livro me tocou tanto. Li ontem a respeito do livro assim: Chorei, chorei, chorei e chorei lendo A Culpa É Das Estrelas. Esse tipo de comentário é clichê, mas é verdade, o livro não termina na página 288, ele continua no leitor por um bom tempo.


É isso, leiam A CULPA É DAS ESTRELAS.



Achei essa ilustração bem legal e resolvi colocar no final. >.< Oh saudades e é tudo culpa do John Green.






Eu participo da Análise de Blog que o Nós na Gravata(www.nosnagravata.com)faz. Participe você também!


Um comentário:

  1. Hey, te colocou na MEME/TAG no meu blog :)http://blogmixcelanea.blogspot.com.br/2012/10/memetag-11-coisas-sobre-mim.html

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo . Exponha sua opinião e volte sempre. :)